Qual é a mentalidade correta?

criancas-experimentando-limao-05

Hoje em dia, a grande maioria das pessoas encontra-se em
uma situação em que tudo tem que vir rápido, quase que de
imediato. Nossa vida virou uma espécie fast food, tudo tem que
ser devorado quase que de imediatamente, de uma maneira
animalesca e já passar para a próxima experiência sem com
isso apreciar a beleza do momento.
Acumular, essa é a palavra de ordem reinante no nosso mundo,
e tanto faz acumular bens materiais ou experiências que
achamos ser espirituais, o importante é, segundo essa ditadura
silenciosa, ter experiências.
Porém agindo segundo os ditames dessa ideia reinante,
perdemos a chance de termos uma experiência real e
verdadeira, uma experiência de emoção real e que dure por
muito tempo, ou pelo menos o tempo necessário, não essa
emoção fugaz que se desmancha em segundos e que força a
pessoa a buscar novas experiências, mas uma emoção plena,
um contato com algo maior e que nos eleva a alma.
O resultado dessa constante busca por novidades espirituais ou
materiais acarreta na maioria das vezes em estresse, ansiedade
e demais doenças, e por muitas vezes acaba gerando prejuízos
financeiros para a pessoa.
Será que foi pra isso que nós viemos a esse mundo? Será que
podemos chamar essa maneira de viver de vida?
Os sábios judeus falam que na sagrada Torah está bem definido
o que é vida e o que é morte, e acredite, há muitos mortos
vivos por aí e talvez você até conheça alguns deles!

16
Segundo nossos mestres balizados pelos ensinamentos da
sagrada Torah, quem está perto do Eterno e se alimenta da luz
dele é chamado de vivo, e manter-se vivo na verdade é a
vontade de todo ser vivo na face da terra, é o principal instinto
que existe em cada ser vivo, não importando sua religião, raça,
cor, nível intelectual ou social, até os animais são dotados do
desejo de manterem-se vivos.
Por outro lado, aquele que se decide afastar da luz do Eterno,
da luz que alimenta nossa alma e nos dá forças para superar
todos os desafios, é chamado de morto, e não apenas
chamado, é considerado uma pessoa morta!
Agora com esse conceito na cabeça de que perto do Eterno
estamos vivos, e que longe dele estamos mortos, vamos
entender como poderemos através da mudança de nossa
mentalidade e das nossas ações, voltarmos à vida e sermos
chamados novamente de vivos, e não apenas chamados, mas
vivermos novamente uma vida plena, e, além disso, vamos
aprender como ressuscitar muitos que estão mortos a nossa
volta e nem sabem que estão mortos!

( Extraído do Livro “Mentalidade Judaica Positiva)
R. Dor Leon Attar

2 comentários em “Qual é a mentalidade correta?

  1. Shalom muitas pessoas buscam algo em sua vida principalmente as espirituais .mas muitas delas acabam por escolhas erradas ou sendo enganadas por pessoas que se julgam ser espirituais outras caem em regiões alheias principalmente pessoas que não buscam a verdade . Outras continuam nos seus próprios erros e interesses correndo o risco de cair nas mão do Eterno Deus por escolherem errado ou caindo em seitas . Por isso o Eterno nos deu a Torah pois nela temos direção para com nos orientar nesse mundo sem precisar correr contra um relógio .mas podemos fazer nossas escolhas com calma e discernimento pois o Eterno nos capacita para vivermos melhor e fazermos escolhas corretas em nossa vida .Por isso nos deu suas leis para que cada ser humano possa viver corretamente suas vidas com qualidade Shalom lekulam.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s